TRILHA SONORA

segunda-feira, 3 de julho de 2017

CASA DA SAUDADE


Quem olhava o amor que era da gente
Apostava que não ia ter um fim
Mas, você resolveu fugir de mim
Me iludiu e deixou covardemente
Sem nenhuma desculpa convincente
Meu castelo de amor, tu fez cair
Levou junto o motivo d'eu sorrir
E inda disse que me fez foi caridade
Esse peito virou casa da saudade
Quando tu resolveu dele sair.

Mote: Petrônio Bernardo
Glosa: Helena Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÊ SEU PITACO: