TRILHA SONORA

sexta-feira, 19 de maio de 2017

HELENA'S



Foi de Paris, de Gonzaga e de Bandeira
Três amores que o destino entrelaçou
Três paixões que a vida culminou
Em fiéis pela sina derradeira
Em Atenas, Exu ou Mangabeira
Cada uma teve a vida resultada
Numa guerra, na família e na toada
Do amor, da sanfona e do repente
Vendo isso, quem sabe um dia a gente
Também deixa nossa história registrada?!

Fostes tu, oh meu Rei, tão humilhado
Sacrifício rendestes por nós dois
Destronado, também, morto depois
Pelo amor, fostes sempre vitimado
Se pudesse refazer nosso passado
Trocaria de lado a ampulheta
Morreria qual Romeu e Julieta
Demonstrando também fidelidade
Mas, quem sabe além da eternidade
Entre nós, outro alguém nunca se meta?!

Foi a guerra de Tróia afamada
Pela luta de amor, guerra e vingança
Sacrifício, paixão e esperança
De uma história por todos aclamada
Não existe paixão mais coroada
Nem torcida maior pelos amantes
Até penso na Poesia de Cevantes
Para então, descrever Formosa cena
Posso não ser de Paris, tal Helena
Mas, por ti faço guerra como antes.

Carruagem de ouro envelhecida
Com brilhantes da cor dos olhos teus
Era assim, a maçã dada por Zeus
Que tornou uma briga conhecida
Pelo pomo de ouro, envaidecida
Afrodite promoveu guerra em Atenas
Fez-se assim, maior luta das terrenas
Deu a Paris de presente o seu amor
Só que a guerra também findou em dor
Que é destino de todas as Helenas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÊ SEU PITACO: