TRILHA SONORA

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

SOBRE A SERPENTE




Quando os dias começam a passar e minha análise se torna algo mais natural e aceitável, eu começo a entender inclusive porque se chama "análise". Hoje eu descobri coisas horríveis ao meu respeito; mas descobri coisas horríveis a respeito de muita gente, também. Como por exemplo aquele "amigo" que sempre esteve disposto a ouvir. Que ligava nas horas de depressão, que oferecia o ombro e palavras de conforto. Aquela pessoa que até ontem eu considerei parte da família, na verdade era um estranho travestido "de visita", sempre bem educado, bem intencionado e prestativo - um lobo vestindo pele de cordeiro por duas, três, quatro... tantas vezes... E eu sempre com essa minha mania de acreditar na bondade das pessoas... De que vilões só existem na novela das nove. Que mundo cão!



Aquela frase pronta de lavagem cerebral começa a ter sentido, porque uma pessoa que gosta tanto da cunhada não vibraria com o fim de um relacionamento?! Amigos de verdade nunca querem nos ver chorando, deprimidos...


Então o quebra-cabeças começa a ganhar corpo e eu percebo o quanto eu fui influenciável com o discurso de que "você merece um pouco mais de romantismo!" "deixa que sinta falta e te procure" "você se doa demais na relação"... E a sua fragilidade começa a gritar desesperadamente dizendo "eu preciso ser mais Feliz". Em nome desse grito o carro atropela os bois. E quem defendia "seus direitos", finge que não te conhece.

Quinze dias se passam e você tem a ligeira impressão de que, o Amigo não está tão disponível para suas lamentações, para tentar responder seus "porquês" ou pra simplesmente te dizer como a outra pessoa está. Agora, ele está sem tempo, sem notícia e as vezes "fora da área de cobertura". As coisas começam a fazer sentido?! Meu jeito autêntico era uma ameaça, já que eu não "dava corda" pra antiga relação falida deste meu "Amigo". Eu era uma pedra, porque sempre estava feliz e sorrindo e dizendo como tinha sido bom aqueles poucos momentos em que estava ao lado de quem eu amava... E apesar de poucos (por tantas razões) eram os melhores. Ninguém aguenta ver um casal feliz, né assim?! Então já que não se pode ser, também não é permitido que ninguém seja. Que maneira justa de provar ao "sangue do seu sangue" o quanto você quer bem, não é?

No entanto, a Fé ainda me guia. Eu ainda sou daquelas que a caminho do cabildo confia no Deus que não dorme e tudo vê. Atiro-te flores, oh, Santo sem altar! Porque já dizia Teresinha do Menino Jesus: "A vida é um sonho e em breve acordaremos". Quando o pesadelo passar, as águas voltarão a ser claras e calmas e de certo já estarás afogado no teu veneno. A Lei de Newton também lhe serve à vida: toda ação tem uma reação. Nada passa despercebido aos céus; pois é de lá que veio Adão, Eva... e a maçã.










Um comentário:

DÊ SEU PITACO: