TRILHA SONORA

sexta-feira, 13 de março de 2015

SOBRE SENTIRES


As vezes ficamos tão centrados no próprio egoísmo que esquecemos de prestar atenção no outro... esquecemos de viver... é uma noite mal dormida, um dia estressante, contas a pagar... e o resto da vida vai passando despercebido, as pessoas e os sentimentos vão ficando pra depois e depois e depois... até que... 

Então, faz parte também do humano enxergar os detalhes quando o todo já não existe. 

É o velho dito de que só valoriza-se quando perde; porque assim somos - donos de uma verdade singular e inabalável até quando o orgulho é rei. Bom seria se todos vissem o mundo como um espelho - e o reflexo de todas as ações voltando pra si, como uma onda no mar. 

Portanto, não espere sorrisos se você oferece o choro, não espere abraços se planta solidão, não espere beijos se só existem promessas... Não espere colher o que não foi plantado. Viva!!! E tudo mais será acrescentado.